VIVER O SIGEA

Uma das maiores mais-valias dos 60 anos de existência do colégio passa pela grande quantidade de alunos que por aqui passaram e que ainda hoje recordam com saudade aquela que foi uma segunda casa. Todos deixaram a sua marca e foram tocados pela mística do Sigea. Ficam aqui algumas memórias…

"O meu caminho fez-se e faz-se com algumas pedras no meio! Aprendi neste colégio a apanhá-las com cuidado e não as desprezar, pelo contrário, lá dizia o meu querido Dr. Simões: “Mello Breyner acredita em ti, tu tens potencial e aproveita tudo o que tens aprendido connosco para construíres a tua vida. Queria usar todas as letras do alfabeto para mostrar-vos o que de melhor retive deste grandioso colégio, mas achei por bem utilizar as letras do seu grande nome:

L - Louvor – sempre nos deram quando merecíamos mas também nos faziam ver quando falhávamos
U - União = a família unida sempre nos transmitiu este sentimento e nós éramos parte da família
I - Isabel = uma mãe, uma amiga, uma confidente!
S – Simões - um pai, um amigo e um grande, mas grande TUTOR!
A - Amizade = amigas mesmo, grande cumplicidade entre todas

 

S - Sabedoria = apesar de nem sempre estarmos dispostas a aprender, o Dr. Simões e o grupo de professores não desistiam do seu propósito e sempre souberam insistir e apoiar todas incondicionalmente!
I - Indiferença: talvez o grande ensinamento que retive com mais tónica na minha vida: nunca ficar ou estar indiferente à dura realidade dos outros
G - Gazeta – éramos sempre apanhadas pelo Dr. Simões e castigadas na cozinha a descascar batatas
E - Ensinamentos = muitos; não só das matérias que tínhamos que aprender, mas também para nos tornarmos boas pessoas, boas cidadãs e preocuparmo-nos umas com as outras!
A - Alegria = penso que era contagiante e contribuiu enormemente para ser a pessoa alegre que sou!

Aproveitem bem a vossa estadia nessa maravilhosa escola e aprendam a desviar as pedras do vosso caminho e a saber utilizá-las durante a vossa vida! Um beijo enorme de muitas saudades!"

Marta Mello Breyner

“Este colégio marcou-me bastante pois preparou-me para o futuro, graças ao seu grau de exigência. Ajudou-me imenso, pois agora já sei como reagir em situações de pressão, e deu-me bons hábitos de trabalho.”

António Gonçalves da Silva

 “No Sigea somos uma família e aprendemos a ajudar-nos mutuamente e a puxar uns pelos outros. Tudo isto são valores que foram e são muito importantes na minha vida. Obrigado!”

Catarina Costa Duarte

"Tenho muito boas recordações dos tempos passados no colégio D. Luísa Sigea. Do 1° ao 9° ano, fiz grandes amizades e recordo com enorme carinho todos os funcionários e professores que assistiram a parte do meu crescimento físico e intelectual. Estou muito agradecida pelo ensino, apoio e motivação que me foram transmitidos dentro e fora das aulas por parte dos professores e por me proporcionarem uma base forte para concluir o secundário com um diploma de excelência e ser, hoje, uma finalista do curso de Ciências Farmacêuticas. Gostei muito de ser a aluna n°194 do colégio e de pertencer a esta grande família!"

Sofia Torres

"Muitos momentos felizes associam-se a um número: o dia do nascimento, o dia do batismo, o dia do casamento...é o caso do número 88, do número 164, 194 e 195. São estes os números que eu e as minhas filhas tivemos neste colégio e que ficarão para sempre na nossa memória!

Isabel Torres

"Frequentei o Colégio Dª. Luísa Sigea na década de 80 do século passado, desde o antigo 1º ano do ciclo preparatório até ao 9º ano de escolaridade. Durante esses cinco anos de aprendizagem, tive o privilégio de ter sido acompanhado por um conjunto inestimável de professoras e professores, que foram absolutamente determinantes na estruturação da minha formação pessoal, tanto em termos académicos como cívicos. Hoje já com 47 anos de idade, empresário e gestor, é com grande apreço pelo Colégio Dª. Luísa Sigea que testemunho o valor acrescentado que recebi de toda a sua estimada equipe docente, legado esse muito valioso que ao longo de toda a minha vida profissional tem estado presente e em evidência de uma forma constante, refletindo-se positivamente nas mais diversas situações do meu dia-a-dia, desde as mais simples às mais complexas, as quais procuro gerir sempre com o maior rigor e profissionalismo, valores esses que têm como alicerces fundamentais a minha formação de base recebida no Colégio Dª. Luísa Sigea

Pedro Caldeira

“Iniciei a minha jornada no Colégio D.ª Luísa Sigea no início do séc. XXI, mais precisamente no início do ano 2000. Essa inesquecível passagem de cinco anos pelo colégio, ficou a dever-se ao facto da maior parte da minha família, tios, tias, mas particularmente o meu pai, ter frequentado também o colégio. E foi precisamente por essa razão que os meus pais sabiam bem para onde iriam e deviam encaminhar-me desde cedo, ou seja, para este tão aclamado Colégio no Estoril, pois já antecipavam devido à sua própria experiência positiva, a instrução de excelência que pretendiam para mim, uma vez que foi precisamente aquilo que eles receberam e que felizmente devido à sua boa decisão, também eu pude beneficiar. Atualmente, a frequentar o último ano do curso superior de Psicologia no ISPA, vejo quão importantes foram de facto as bases de ensino que recebi no Colégio Dª. Luísa Sigea, o que me permitiu percorrer o caminho académico de forma consistente e solidamente estruturada.”

Vanda Caldeira 

 “A minha passagem no Colégio Dª. Luísa Sigea teve a duração de nove anos, desde o 1º ano de escolaridade até ao 9º ano inclusive. Esta foi não apenas uma escola, mas sim também um local onde podia encarar os meus colegas, professores e funcionários como uma família. Uma vez concluída a escolaridade obrigatória e prestes a entrar agora no ensino superior, vou ganhando cada vez mais consciência do verdadeiro simbolismo do Colégio Dª. Luísa Sigea. Conforme tantas pessoas partilham igualmente do mesmo sentimento, o colégio foi de facto também para mim, uma segunda casa onde eu podia passar o tempo com amigos, aprender com professores de enormes qualidades, e acima de tudo, desenvolver as bases essenciais que contribuem para a formação de uma boa cidadã. Finalizando, acredito vivamente que este inesquecível colégio teve um impacto muito positivo não só na minha pessoa, mas também nas restantes pessoas que a frequentaram, bem como naquelas que no futuro irão por lá passar. “

Vera Caldeira